Invading Psyche Dream

Era precisamente isso que eu queria
Desde o capitulo primeiro
Com doses extras de energia
Envolvido nesses termos
Dominar a fera sem medos
Nesta fraca luminosidade
Que paira sobre a cidade
Neste circo de feras
O que mais esperas?

Agora já é demasiado tarde
Envolveste-me, é essa a verdade
Rugi sobre o teu corpo despido
Por ti, poderosa Amazona senti-me caido
Deste gesto sem excesso
A qual não existe regresso
Da história o capitulo décimo
Vivido até ao centésimo
Comi o teu corpo suado
Palpitante e sempre calado
Sedosos lábios carnudos
Consumimos-nos completamente mudos
Neste livro que fica para a memória
E detalha a nossa história
Até ao capitulo décimo quarto
Longa descrição deste acto
Tranca-me nesta jaula
Ensina-me mais dessa aula
O teu intimo quero identificar
E o no corpo delirar
Até ao capitulo décimo sétimo
Repetir com audácia, por acrescimo
No olhar feroz e selvagem
Que mesmo com pouca coragem
Colheu o suplicio deste encontro
Deste longo e esperado confronto
Queres voltar a dominar a fera?
Ou ainda estás a espera?


© Mestrinho