Prognóstico da saudade



A alma hoje fala…

Fala de predição, de uma saudade recolhida.
De um segredo, um mistério por aclarar,
Reflexo de uma existência nunca esquecida
Revivido na memória, para aclamar.

Malícia da memória onde se esconde o inicio,
Memória dos tempos que não se apaga.
A força do “querer” nos tempos de outrora,
Faz sentir a melancolia, tão intensa que afoga
este justificativo que perdoa o esquecimento, agora.

Vai-se a vida
Vivida
Sofrida
Compreendida

Vai-se a geração,
Vão e vêem pessoas,
Umas más, outras boas
Revela-se segredos,
Descobrem-se desejos.
Conhecem-se sombras escondidas,
Outras compelidas.
Uns com sonhos presentes,
Outros com intentos dementes.

Daquela mulher amada,
Fruto desta recordação, declamada.
Que foge ao presente que atormenta,
E revive o passado que ao futuro alimenta.

Vai-se a vida
Nesta memória premissa, presente e futura,
Sempre com “ar” de que dura.

Alimentando de vida sua própria existência, esta saudade.


© Mestrinho

Comentários

Mestrinho disse…
Tenho saudades de ser aquilo que não fui. De ter aquilo que não tive. Tenho saudades de tudo, de nada. Simplesmente hoje sinto saudades da minha infância/juventude...

Peço desculpas aos meus amigos a minha ausência, mas até ter um problema (netcabo) resolvido não posso aceder muito a net de casa.. Oportunamente farei todas as visitas dos últimos post´s e dos retroactivos.
Bjoabraços a todos.
Maria Papoila disse…
Mestre,também eu sinto tantas vezes saudades de mim! Projecto-as no futuro, sublimo-as no teclado para me reencontrar com o que sou, sempre fui! Este teu poema é fantástico! E o blogue renovado está fabuloso! Nós vamos esperar-te! Beijo
Mestre [Eka] gostei de ler o "Prognóstico da saudade. Beijinhos.
dameuntango disse…
Bem... que entrada!!! e depois... que conteudo!!! Sempre perfeito, sempre belo.
obrigado pela vixita nice blog o teu vou linkar
Juda disse…
É a primeira vez que passo aqui, gostei, tambem vivo um pouco a sonhar, com o passado, parabens pelo blog, um abraço...
LolaViola disse…
Não entendo uma coisa. Como é que se responde a um inquerito na net, optando pela resposta prefiro não dizer? Para quê responder que não se quer responder?
Mistérios da alma humana...
FROU FROU disse…
As saudades são o refúgio das nossas perspectivas de vida frustradas......

Mensagens populares