Desconcertante


Fabian Perez - Sensual touch in the dark



Foi-se esta doce loucura,
Da cama, fingindo dormir um sonho, acordada,
Ela é uma obstinada exploradora do corpo,
Da alma e da mente descontrolada,
Eu fico,
Ela vai,
Secreta, passiva, serena,
Mas ela vai,
Eu fico.

Tonturas,
Calor sufocante,
Sem dormir quando ela está longe,
Reviro capitulos da história,
E...

Eu vou,
Ela fica,
E manhã grita
e como um ciclo ou um vício
Eu volto
Ela volta
E juntos amamos a loucura,
Como se fosse a primeira vez.



© Mestrinho 1999

Comentários

Para ti disse…
sabes, acho que qd se ama...é sempre como se fosse a primeira vez...
Mudaste de casa, mas o ambiente continua de sonho:)
Jô... disse…
Mestrinho!
Que espaço maravilhoso vc tem aqui! Como não o encontrei antes? Ao ler suas poesias pude fazer uma viagem.
Parabéns!Você é de uma sensibilidade notável!
Agradeço pela visita e por recomendares meu blog!
Rô sensualidade disse…
Oi, agradecendo a visita super gostosa...que delicia eu volto ela volta..e juntos amamos a loucura...como se fosse a primeira vez...
AMAR como se fosse a primeira vez...!!!!!!! É maravilhoso, o primeiro toque, o primeiro olhar de entrega...
Parabens tbm pelos poema no dia das mulheres...!
Bjs e boa semana
paraquedista disse…
De passagem mais uma vez para te ler e rever. Desejo um óptimo fim de semana.
Menina_marota disse…
"E juntos amamos aloucura,
Como se fosse a primeira vez"

... o amor... a paixão, não é assim mesmo?
Gostei.
Deixo um abraço e bom fim de semna :)
Renatinha disse…
a loucura mais deliciosa... adorei.. mais e mais uma vez..
Maria Papoila disse…
Maravilhoso este ciclo da loucura da paixão! É surpreendente esta tua escrita! Abraço
eita ciclo bom esse hein!...nda mal

bjs
eternapartedemim disse…
Como sempre, adorei. Lindoooooo! Beijos e um bom domingo. *****
Carlos disse…
O sexo é sagrado............................

O sexo é sagrado,
como salgadas são as gotas de suor
que brotam dos meus poros
e encharcam nossas peles.
A noite é meu templo
onde me torno uma deusa enlouquecida
sentindo teus pelos sobre a minha pele.
Neste instante já não sou nada,
somente corpo,
boca,
pele,
pêlos,
línguas,
bocas.
E a vida brota da semente,
dos poucos segundos de êxtase.
Tuas mãos como um brinquedo
passeiam pelo meu corpo.
Não revelam segredos
desvendam apenas o pudor do mundo,
descobrem a febre dos animais.
Então nos tornamos um
ao mesmo tempo em que
a escuridão explode em festa.
A noite amanhece sem versos,
com a música do seu hálito ofegante.
O sol brota de dentro de mim.
Breves segundos.
Por alguns instantes dispo-me do sofrimento.
Eu fui feliz.

(Claudia Marczak)
gostei... pq é simples e pq me trouxe recordaçoes... :)
A_Amante disse…
Bom este texto vai la vai, tem uma carga muito forte, ta potente, nem sei cm explicar o q senti ao le-lo. Fez-me voltar ao meu fim de semana. Esta aqui transcrito na perfeiçao...
Xiiii nem digo mais nada.
Jinhos
Eugenia disse…
Adoreia paixão. um abraço.
zzeka disse…
Dois corpos que juntos provocam uma paixão louca e desenfreada. Ela fica e tu vais, tu vais ela fica, mas sempre como se fosse a primeira vez. Bonita a maneira como falas do encontro de dois corpos, e o que juntos provocam um no outro. Um abraço Mestre.
Angela disse…
Lindo este texto que nos deixas. Sem comentários.
Mas gostaria de falar sobre a questão que nos deixas sobre o aborto. Eu sou a favor e sou contra. Tenho as duas opiniões. Pois se for para tirar o sofrimento a uma criança prefiro que se aborte, mas se for por uma questão de não querer filhos sou contra, pois quem não quer evita. Existem meios para isso. Beijinhos
Linda disse…
Olá!! Espero que continues por muitos mais tempo. Identifico-me muito com os teus textos, embora nem sempre comente continua vir cá ler muitas vezes. Beijinhos!
Doryanne disse…
fico sempre desconcertada a ler os teus poemas, lol ;)

Beijokas

P.s.--> Mudei de Template de novo, rsss
acho que tem mais a ver...
Vampiria disse…
:o é a primeira vez que consigo comentar o teu blog! até fiquei surpreendida, porque te visito regularmente e nunca tinha dado...logo tinha de calhar um poema que nem sei o que dizer...é lindo.
beijinhos enormes* *
rosa maria disse…
Ela vá, ele fique...vice versa... ele volte, ela volte...é o que importa
Fica um beijo)
Elsita disse…
Quando cada vez é como se fosse a primeira...só pode ser : Desconcertante mas e tambem prazeroso. Fica bem
Manefta disse…
É tão bom viver momentos assim, em que ao minimo contacto dos corpos, da-se uma explosão de desejo.
Adorei a ideia do Ninja, vou fazer um para mim tb :) Beijo grande
l_u_a disse…
O amor, tem destas coisas,
esquece-se a razão
fala-se com olhos
e vive-se com o coração...
beijitos
Neith disse…
Simplesmente...soberbo!! Um beijo enorme :)
nina disse…
lindo Eca ;)
beijos
Joaninha disse…
Em passos desconcertantes e eufóricos os corpos bailaram noite dentro, seguindo os impulsos do coração... Explendido!! Beijokas [desculpas pela a ausencia] - Joaninha
dameuntango disse…
fabuloso, como sempre... senti-te os passos
Lidiane disse…
É sempre bom visitar teu blog, recheado de desejo... sem censuras...
gosto muito de vir aqui, me sinto invadindo tua intimidade, entre quatro paredes.
beijos

Mensagens populares