Rasgos de (In)sanidade


Nicola Ranaldi


Das novas vias para velhos caminhos,
Como um mergulho no mar da escuridão.
Faz do dia o que faria com o meu, com carinho.
Abre novos olhos, olhos de aurora,
Cristalinos e vivos,
Sempre como foram outrora

Não chores!
Sobrará sempre tempo para ouvir o lento lamento.
Porque a vida será uma vítima
E a ambição será a inveja!
Agora...
Faz do dia uma união com a noite, um pacto,
Quente, morno e eterno.

Sonha...
E vem ao meu castelo encantado,
Veste-te de medieval,
Transparente, transeunte, indignada, coerente
e letal.
Come lascivamente,
Sem tabu, come docilmente.

Vem...
Estende tua mão.
Dá-me o teu desejo.
Vem, exorcizar.
Dá-me a boca
E a rosa louca.
Um beijo
E um raio de sol.
Nos teus cabelos,
Como um brilhante.
Explode em sete cores
Revelando então os sete mil amores
Que eu guardei somente pra te dar


© Mestrinho

Comentários

eternapartedemim disse…
Olá Mestrinho! Vejo que finalmente decidiste por este template. Está lindo o teu novo cantinho. E lindos continuam a ser os teus poemas, que me deixam sempre sem palavras. Adorei também o que deixaste no meu blog, no dia Internacional da Mulher. Obrigada pelo carinho. Beijo para ti e bom domingo. *****

Lu Costa
Neith disse…
Puro deleite este teu poema!!! Um beio enorme :)
Maria Papoila disse…
Este poema hoje, como sempre arrepiou-me! Esse grito Vem!, parece eco do meu... Beijo
Someone disse…
Ser poeta
É da dor criar algo belo
É pensar no amor
E reviver ao escrevê-lo
Ser poeta
É mergulhar nas ondas
Naufragar a tempestade
Esquecer as afrontas
Ser poeta
É escavar no sentimento
Soltar a resina
Estancar o momento
Ser poeta
É sê-lo não dizê-lo
É cantar para fora
O que nos roi cá dentro
Abrir as entranhas
E espalhá-las ao vento.

Adorei... Estás nos meus favoritos...
meialua disse…
Um grito de sentimentos, de libertacao, uma súplica, sentido, preciso...
Gostei!
;)
Beijokas Eca, e bom fim de semana*
A_Amante disse…
Bom nao tenho como comentar este texto, apenas assino por baixo. Se me permites, faço minhas as tuas palavras...
Ta lindov
Passei apenas para dizer um simples olá e deparei-me com um excelente texto mt bom adorei.
Parabens
Jokas vampirescas
Lidiane disse…
Oiiiii! Nossa! A cada dia vc se supera! Meu marido tá pra me proibir de vir aqui. rsrsrs
Ele disse que vou ser conquistada por um romantico virtual kakaka
eternapartedemim disse…
Adorei "entrar" neste teu castelo encantado!... os teus poemas cada vez me conquistam mais, sou uma fã incondicional da tua poesia e talento. Mais uma vez parabéns por esse grande Dom. Beijinhos. *****
Neith disse…
Magnifico este teu poema :)) Beijinhos
nina disse…
(...)
ser poeta...

É ter fome, é ter sede de Infinito!

Por elmo, as manhãs de oiro e cetim…

É condensar o mundo num só grito!


adorei mais uma vez!!!

um xi grande;)
disse…
Oi!!! Vim dar uma olhjadinha básica. parece letra de uma música,m ou eu viajei nessa letra linda....
Deixo meu beijo e um super fds
{-Sutra-} disse…
Toma a minha mão... :-)
Obrigada pela visita ao meu cantinho que vim retribuir :-)
Aislin disse…
Apenas para deixar um beijo e desejar um optimo fim de semana...descansa e aproveita!
****
sara calado disse…
Olá, mais uma vez um brinde a tua genialidade. Lindo, eu dou a mão.
Beijos
Medusa disse…
Aceito sugestões. Aproveito para lhe desejar boas entradas no quase Novo Ano. Abraço
Medusa disse…
Votos de um Bom Ano. Cumprimentos
Anónimo disse…
1ª vez que entro aqui. Adorei. acho que és um poeta fantastico!!!!
spyvspy aeon disse…
New routes to old ways,
As a dip in the sea of darkness.
It makes the day what would my own, with love.
Opens new eyes, eyes of dawn,
Crystalline and living
Where they were once

Do not cry!
This will leave time to get to hear the slow lament.
Because life is a victim
And the ambition will be the envy!
Now ...
It makes the day a union with the night, a pact
Hot, warm and eternal.

Dreams ...
And come to my enchanted castle,
Dress up in medieval
Transparent, transient, indignant, consistent
and lethal.
Come lasciviously,
No taboo, come meekly.

Come ...
Stretch out your hand.
Give me your wish.
Come, exorcise.
Give me your mouth
And the wild rose.
Kiss
And a ray of sunshine.
In your hair,
As a brilliant.
Explode in seven colors
Revealing then the seven thousand loves
That I kept only to give you
spyvspy aeon disse…
A poet
It is pain to create something beautiful
You think about love
And relive writing it
A poet
You dive into the waves
Wreck storm
Forget the insults
A poet
You dig the feeling
Loosen resin
Stan moment
A poet
And if it does not say
You sing out
What hurts us here in
Open bowel
And scatter them in the wind.

Mensagens populares