Amor lirico [Lunático]

Entoar em cântico
alegre, fresco e resplandecente.
Na chama ardente
O desejo esplêndido,
magnificente e abastado.
Que persiste em desafiar
e sempre a querer escapar.
Como a onda que bate, estremece
e o fio de teia tece.
Como se não foste encontrada em parte alguma,
mesmo que impressionante e desvairada.
Mesmo que derretida em fluxo quente.
Seja amor puro seja vontade eloquente.

Um aroma
Um ícone
A sua força

Emaranhada na face do caminhante,
muito mais que um pensamento
reflectido na mente,
guia do amor terreno.

Um suspiro
A revelação
A percepção
O Arrepio dos pés à cabeça

Voltar a entoar em cântico
é libertar essa escravização
com uma divina intervenção.
E guiá-lo em direcção a ela.
Sentada no seu trono,
Com os olhos virados para a estrela
mais brilhante.
Mirando o cavaleiro,
criador da vibrante ressurreição.
De olhar sensível e distante.
Que no preciso momento
em que Deus escolheu
o principio de tudo no mundo

Ele fala ...

Nos cânticos
Nas canções
Na excitação
Do corpo a alma.

© Mestrinho 26 de Maio de 2006



Sugestão: Gotan Project em Lisboa dia 6 de Julho no Coliseu dos Recreios.

Comentários

Cris disse…
Sabe tão bem entrar neste mundo onde as estrelas são sorrisos... e as palavras beijos...
meialua disse…
Oi Eca, vim deixar um beijo enorme carregado de carinho e dizer até breve...**
Papoila disse…
Mestrinho as palavras do teu poema hoje caem da ânfora e vestem-nos como água tépida.
Muito belo.
Beijo
alexD disse…
este é um dos blogs mais originais e mais cativantes, acho que estás de parabéns
tesouromio disse…
Que pureza incrivél estou viciado nas tuas palavras limpidas... continua..
polittikus disse…
Palavras vindas de dentro...
Sara Calado disse…
Um aroma, um icone, a força interior que esse Deus emana. Os teus poemas quando tocam o Mitico e o lirico fazem-me sentir como somos vuneráveis as nossas próprias necessidades. Mestrinho, desta vez conseguiste atingir os céus com um toque unico. Por mais palavras que te diria não conseguiria descrever o que senti ao ler o teu poema. só consigo dizer "Majestoso".
Um beijo
Arthur Saraiva disse…
Olá, hoje venho retribuir a tua gentileza nos comentários deixados sempre que visitas o "APENAS PALAVRAS" e agradecer-te ser blog do dia, muito obrigado, agora a retribuição, ehehehe gostei muito do teu blog, lindoooooooooooo, cheio de encanto... voltarei mais vezes a este cantinho.
Daniela Mann disse…
Olá Mestrinho!
Também quero um vestido desses!!!
Beijinhos e uma semana feliz,
Dani
Blue Star disse…
Lindo poema,
Sombras disse…
Na dança mágica do silêncio, suavemente deslizo o meu manto de sombras pelas tuas poderosas palavras... Cântico o teu singelo, mas tão belo!
amita disse…
Tenho de vir ler este poema outra vez. Já é tarde...
Deixo-te um bjinho e uma flor
Lisete disse…
O poema é lindo, mas tb é mto linda a forma como consegues exprimir o que te vai na alma. Dá vontade de ler... palavras p'ra quê??
Anónimo disse…
Poema lindo, música maravilhosa, blog espectacular. Parabens deixo um carinho da tibeu
ana s disse…
Belo poema. O amor tanto tem de racional como de lunático! Beijo
Lanna disse…
Belo blog, parabéns. Vou voltar... com mais tempo! Porque é preciso...
Anónimo disse…
boa noite
agradeço imensamente pela passagem em meu blog, aproveito pra desejar uma semana de paz
Vanessa disse…
boa noite
agradeço imensamente pela passagem em meu blog, aproveito pra desejar uma semana de paz
(comentei novamente pois saiu como anonimo ^^)
Para ti disse…
" Do corpo a alma"
De corpo e alma...sempre, em tudo...Divago por aqui...
Deixo um beijo
sonhadora disse…
"Um suspiro
A revelação
A percepção
O arrepio dos pés à cabeça"

Bem escrito!!! mais uma vez um post muito bom!!
Obrigado pela musica ;)!!
fica bem...Beijocas
Morangoska disse…
Fiquei toda arrepiada com este poema e com a canção. Que harmonia linda encontrei neste blog.
Um bjo especial pela bela mensagem
Ana Luar disse…
Entrei vestida de cinza e saio vestida de azul, o mesmo azul que pincela a poesia dos poetas.
Lili disse…
Lindo poema, como sempre.
amita I disse…
O poeta é assim como o descreves e mais profundas e sentidas são as suas letras quando as canta como tu, tão belas.
Um bjo e uma flor
JotaCê Carranca disse…
Por curiosidade entrei. Fiquei porque gostei. Adicionei este link.
Ola... qq dia processo-te pq escrevers sp coisas d q goste... nc posso falar mal... :( lol. jks
eternapartedemim disse…
Olá Mestrinho!

Sempre que aqui venho deparo-me com poemas de grande qualidade... este não foge à regra!
Parabéns também pelas imagens que escolhes sempre!

Um beijo e continuação de boa semana. *****

Lu Costa
Carla disse…
Ela Fala...

Ouve-a!
Anónimo disse…
Lindo o teu Blog, um sentimento muito positivo que é transmitido em belas palavras. Gostei muito.
Exlibris
Manefta disse…
Bem, isto por cá prima sempre pelo bom gosto, as letras pareciam dançar ao som da banda sonora , a foto escolhida a dedo. Gostei imenso, amor lirico na sua excelencia. Já tinha saudades de te ler. E volto concerteza para ler que mais tens escrito na minha ausencia. Beijos
Patrícia disse…
Olá, tens um blog magnifico, apaixonei-me pela música que acompanha as palavras...
Bom fim d semana.
Bjokas**
Lúcia disse…
No momento em que Deus, esolheu o principio de tudo, foi o momento em que ficou imortalizado a criação, reflectindo o carinho. É impressionante a harmonia do poema com a música. Divinal.
Parabéns ao poeta, bjos
Lanna disse…
Belo, muito belo!
Bjoca
polittikus disse…
Adorei o post. Quer o poema, quer a foto...
Anónimo disse…
Belissimo, o amor é o perfeito néctar da vida. Excelente blog e tema.
Abraços
Keila, a Loba disse…
Olá, Mestrinho! Ouvi o seu Uivooooo em minha toca e vim saber do mestre que lá deixou tão cativantes palavras. Seu blog é encantador porque tem alma e energia, o que faz desse endereço um cantinho muito especial. Obrigada por ter assinado meu guest-book, e prometo Uivaaaaaaaarr aqui mais vezes. Obrigada!

BeiJuivoooooooooooosssssss da Loba
imagem fantastica...

Mensagens populares