Sede sem igual



Uma confissão vou fazer
No amor e no querer.
No sopro de uma mulher
Guardo um desejo firme como rocha
De um dedo perdido nas tuas delicias
No acto da língua e as carícias
Emociona o coração
Nesta vontade de perdição.
Que flúi sílabas nos teus anseios
Neste sentimento cheio como os teu seios
Corri do sol a lua
Na tua pele toda nua
Dei um olhar fotografado
Mesmo sem ser programado.
Vem, corre, dança este fado
Sente o tango que soa em harmonia
Deixa-me sentir também essa alegria
Do gosto saboroso da timidez
Mesmo quando é a minha vez
De nadar na tua boca sem horizonte
Da terra ao céu, como uma ponte
Desta sede sem igual
Como a sede de um animal
Deste encontro que não se mede
Nem tão pouco se perde
Sentir assim febril e excitado
É como sentir por ti encarcerado.

© Mestrinho

Comentários

cicuta disse…
está tudo lindo, o texto, o blog a imagem.. apetece ficar por aqui! Já agora boa viagem é sempre bom realizar os sonhos! Beijos
maestro disse…
Mestrinho! É de mestre o teu poema. Adorei sobretudo "Corri do sol á lua na tua pele toda nua". E nessa tua vontade , nesse teu desejo, nessa tua viajem, pois delicias-nos a todos com este belíssimo poema. Foi mesmo um grande prazer. Um abraço, e boas Pascoas.
Papoila disse…
Mestrinho sempre que aqui venho fico fascinada e tenho de agradecer-te o destaque. Do poema que me tocou retiro estes dois versos:
"Deste encontro que não se mede
Nem tão pouco se perde"
Beijo
Anónimo disse…
Lindo poema, um encanto, fiquei fascinada com o teu blog, muito simple e bonito. Completo de versos sentidos, tens uma forma de escrever muito envolvente Um abraço
a.s. disse…
um beijinho, mestrinho...

alice
Friedrich disse…
Os dez blogues eleitos desta semana, depois de uma selecção rigorosa, no meu BLOGS OF NOTE
Os meus mais sinceros parabéns.

Beijos, continuem assim que vão no bom caminho...
http://ababushka.blogs.sapo.pt/blogten.html
Mariana disse…
Olá!
primeiro de tudo quero dizer que o seu blog esta muito bonito gostei muito dos poemas, são lindissimos... e se não for pedir muito gostaria que me ajuda-se numa duvida a respeito do blog...
Azorboy disse…
o poema é mt giro...parabéns jinhos
Teresinha disse…
ola! piu piu! =)) lol fiquei curiosa! beijos***** p.s: ja nao consigo passar sem os teus posts......lol
Pinkerton disse…
Obrigado pelo link!
Acabei de te incluir entre os meus!
Beijos....
Formiguinha disse…
Só para deixar uma beijoca ;) ****
Power disse…
Quando é o dia da festa ? Há festa rija? ... Bj.
andrye disse…
Q bom!! espero ser convidada pa festa!! :) lol este poema é mais uma amostra do blog fantastico q tens.. adorei.beijokas grandes pa ti migo.
Dias disse…
Espectacular. Os poemas são lindos.
Plantacarnivora disse…
Até me deu sede!!!! No teu poema bebe-se sedução como sempre, sensualidade e erotismo...Não tenho outros adjectivos, continuas a escrever maravilhosamente ...deslumbrantemente...continua por favor. Bjssssssssss
lua_sol disse…
Há textos que nem precisam de comentários, este é um deles, tem todo o sentimento. Bjinhos
lua_sol disse…
Há textos que nem precisam de comentários, este é um deles, tem todo o sentimento. Bjinhos
Joaninha disse…
Oiiiaaaa!!! Vejo que a tua inspiração continua fantastica....poema cheio de sensualidade e sentimento...os pelos até se me arrepiam...ehehehehe. beijokas!!
Blue age disse…
Muito bem, sim senhor, adorei o poema, bastante profundo,continua.......
Maria disse…
O poema está lindissimo!
de[mente] disse…
{ ...
sinto[-me] amarrar, apertar com nó ou laçada
em teu desejo, impele, neste nunca desatar e
caminho, rodeio, talvez enleio [neste teu] beijar
© de[mente]
...}
Carla disse…
Parabéns. Há muito q não via tanta beleza, suavidade e bom gosto juntos.
Lindo,lindo, lindo e lindo seu blog é realmente um espetáculo!! Há uns dias que nao te visitava mas é sempre uma delícia sentir essa paixão.
Beijos
Luna disse…
amei mm d coração... ;) beijuxxxxxxxxx
friend disse…
Voltaste amigo. É certo que de cara lavada e se calhar com outra disposição, mas voltaste. Ainda bem. Vejo que o teu blog evolui a cada segundo, mais e mais. 1 grande abraço amigo Eca.
Luar disse…
Só para te dar uma beijoca. O Blog continua lindo, otra coisa não seria de esperar! Beijão
MissLadyMystery disse…
Um perder-te entre o amor que encontras na mulher que amas..Um fazer poesia do seu corpo, um saciae-se na sua boca, amor carnal e ao mesmo tempo espiritual, tão perfeito no seu conjunto que inunda a alma :) Um beijo doce
Menina_marota disse…
Que sensualidade de poema... transporta-nos a caminhos de um imaginário de desejos.

Gostei muito.

Abraços ;-)
Mestrinho,
Então ficamos à espera do teu regresso, para nos contares tudo. Espero que consigas realizar todos os teus sonhos nessa longa viagem.
Abraço.
Anónimo disse…
Entrei por acaso e adorei este teu blog... é lindo, maravilhoso como tu certamente também
Poemas e fotos lindos...
Estou apaixonada...
beijinho
www.paula-travelho.blogs.sapo.pt
www.fenix-do-amor.blogs.sapo.pt

Mensagens populares